Archive: Postagens e Orientações do MF

Mobilização de Oração pelo MF – Julho 2018

orai

 

Que a paz do  Senhor  Jesus   esteja conosco, amados  irmãos  e irmãs do Ministério de Formação!

 

Muitos são os desafios e motivos específicos para nosso MF que vai além do Grupo de Oração, da diocese e do estado ao qual fazemos parte!

 

Dia 05/ago/2018, 1º domingo do mês, temos um encontro marcado com o Senhor! É a ELE, como o DONO da obra, que devemos recorrer e interceder pelas atividades e chamado ao Ministério de Formação.

 

Vale lembrar que interceder não é apenas um convite. É uma ordem de Jesus que podemos encontrar em Mateus 5, 44! Não é uma opção para preencher o tempo, mas uma estratégia eficaz na evangelização do povo de Deus. Também não é a responsabilidade de outros, mas a nossa como formadores! Muitos de nós jamais atingiremos certos campos de missão com nossos próprios pés, mas os alcançaremos ‘com nossos joelhos’.

 

Jesus assim determina em Mateus 28,19a.20: “Ide e fazei discípulos meus entre todas as nações, [...] ensinai-as a observar tudo o que vos prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo”

 

É tarefa nossa também formar discípulos e missionários bem dispostos para servir o Reino de Deus! O Senhor concederá sua graça para que levemos adiante o compromisso com entusiasmo, banindo o desânimo de nosso meio!

 

Vale lembrar: quem não conseguir interceder no domingo, pode fazê-lo na segunda-feira, e as moções colhidas devem ser direcionada ao coordenador do MF de sua instância superior para que assim chegue à coordenação nacional do MF.

 

Que desça sobre nós o Santo Espírito e nos capacite com toda abertura de coração para esse momento de intimidade com o Senhor na oração por nosso MF.

 

Paz e bem!

 

Rita Desideri

Grupo de Oração Servos de Maria

Coordenadora Estadual do MF – RCC Amazonas

Nossa Senhora de Pentecostes, rogai por nós!

Mobilização de Oração pelo MF – Julho 2018

Mobilização de Oração

 

Formadores e Formadoras de toda a RCC Brasil, a Paz Inquieta de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja em cada coração!

 

Neste próximo domingo chega mais um dia de interseção e oração pelo nosso ministério, pela RCC, pela Igreja e, de modo especial, dois dias após o dia de São Pedro e São Paulo, pelo Santo Padre! Seja Individualmente ou em grupo, façamos nossos clamor ao Senhor, na certeza de que Ele sempre nos escuta e responde e por isso nos colocamos a escutar seus direcionamentos, exortações, encorajamento, …

 

Vale lembrar que, os que não conseguirem interceder no domingo, podem faze-lo na segunda-feira, e as moções colhidas devem ser direcionada ao coordenador do MF de sua instância superior para que assim chegue à coordenação nacional do MF.

 

Deus abençoe a todos!

 

Klaus Newman

MF Goiás

Grupo de Oração Ágape

Últimas Notícias do Ministério de Formação

 

Workshop MF – ENF 2018 – Vida no Espírito – Único Caminho para Viver a Verdade (Reinaldo Bezerra)

pomba-branca-cristao-para-viver-cheio-espirito-santo

Vida no Espírito – Único Caminho para Viver a Verdade

 

A Paz de Jesus, amados formadores e formadoras da RCC Brasil.

 

Continuando nossas postagens a respeito dos temas que foram trabalhados no Workshop do ministério de formação neste ENF 2018, apresentamos o terceiro tema que foi apresentado pelo nosso estimado irmão Reinaldo Bezerra dos Reis, que trouxe pra nós o tema “Viver no Espírito”.

 

Para que não perdêssemos nada deste profundo ensino, optamos por postá-lo na forma de áudio, para que assim pudéssemos beber de tudo que Deus nos transmitiu através deste ensino.

 

 

 

Workshop MF – ENF 2018 – O Grupo de Perseverança (Adirlei Rodrigues)

Logo MF

Grupo de Perseverança

 

  1. 1.    O que é um Grupo de Perseverança (GP)?

O GP é o 3° momento do Grupo de Oração, conforme descreve a apostila ‘Grupo de Oração’ do Módulo Básico. Nele, as pessoas se encontram para rezar, se conhecer, dialogar, falar sobre as coisas da vida e refletir sobre os conteúdos da nossa fé, que não só levam à formação dos participantes, mas também alimentam a reflexão da própria vida junto com os irmãos.

 

  1. 2.    Tem a mesma espiritualidade da RCC

O GP também tem a espiritualidade pentecostal da RCC e do Grupo de Oração (GO). Sendo assim, deve-se sempre, nas suas reuniões, orar, louvar e pedir novas efusões do Espírito Santo, assim como, exercer os carismas.

 

  1. 3.    Como organizar um Grupo de Perseverança?

Cabe à coordenação do GO discernir sobre o momento certo de começar um GP. Uma vez discernido por começar, esta mesma coordenação deve nomear um formador para que fique como responsável pelo GP. Este desempenhará suas atividades em obediência à coordenação do GO e seguindo as orientações da Comissão de Formação para Grupo de Perseverança.

 

O convite para participar do GP pode ser feito a todos os participantes do GO que já fizeram o SVE e a EO. Quem ainda não passou por estas duas etapas, não pode ser convidado para participar do GP. Por ‘participantes do GO’, entendemos todos os que estão no GO, independente de serem servos ou não. É interessante que o número de participantes do GP não passe de 12. Havendo mais de 12 pessoas interessadas, é recomendável que se forme mais de um GP.

 

Os GP’s podem possuir diversas configurações, desde a forma de aplica-lo, a duração, o momento de aplica-lo, etc. É necessário, portanto, que cada GO adeque o GP à sua realidade. Essa adequação deve ser feita com discernimento, em plena unidade com a coordenação do GO e de modo que atenda às orientações da Comissão Nacional de Formação.

 

 

  1. 4.    Quais os frutos do Grupo de Perseverança?
  • Maior conhecimento e vivência da espiritualidade de RCC.
  • Mais entrosamento entre os participantes.
  • Pessoas curadas (fisicamente, emocionalmente, psicologicamente)
  • Crescimento pessoal.
  • Conhecimento da doutrina, aprofundamentos nas verdades da fé, maior conhecimento da Igreja.

 

  1. 5.    Celeiro de servos

O GP dá ao GO a oportunidade de identificar possíveis servos para a Igreja e para a RCC. No GP, pode-se conhecer melhor cada pessoa quanto ao perfil, habilidade e maturidade. Com o passar do tempo, o responsável pelo GP pode perceber os que têm potencial para servir e informar ao coordenador do GO que, dentro do seu papel de pastor, saberá acompanhar e conduzir o irmão conforme a vontade de Deus.

 

  1. 6.    Não há obrigatoriedade

Um GO não é obrigado a ter GP. E quando um GO tem um GP, ninguém é obrigado a participar. Isso pode levantar a pergunta: “Se não é obrigatório, quem participará do GP?” A participação acontece a medida que as pessoas entendem o que é o GP e quais os frutos que ela colherá se dele participar. Por isso, nós, formadores, precisamos tem um grande conhecimento sobre GP para que, assim, estejamos preparados para entusiasmar a coordenação do GO a criar um GP e para motivar seus participantes a fazer parte dele.

 

Vale dizer também que a participação no GP não é condição para que a pessoa possa servir no GO.

 

  1. 7.    Qual é o tempo de duração do GP?

Depois que o GP já refletiu sobre as 2 apostilas que atualmente a RCC oferece como subsídio, o núcleo do GO irá discernir se o GP deve continuar ou não. Obviamente, é salutar que o núcleo do GO dialogue com o responsável pelo GP e com seus participantes, de modo que a decisão promova harmonia e, principalmente, o cumprimento da vontade de Deus.

 

Se continuar, pode-se aplicar outros temas, como documentos da Igreja, CIC, etc… Para isso, deve-se considerar o perfil dos participantes e seus interesses.

 

  • 20/10/2018
Encontro de Reflexão Teológica 2018
Detalhes do Evento
Evento: Encontro de Reflexão Teológica 2018
Inicio: 20/10/2018
Fim : 21/10/2018
Endereço :
Cidade: São Paulo/SP
Diocese:
Contato:
Fone:
Email:
Site:
MAIS EVENTOS


Back to Top